segunda-feira, 27 de maio de 2013

RESUMO - DOCUMENTÁRIO PRO DIA NASCER FELIZ

                                   DOCUMENTÁRIO PRO DIA NASCER FELIZ
     
     O filme "Pro Dia Nascer Feliz", dirigido por João Jardim, aborda as desigualdades na educação brasileira, mostrando os dramas e as dificuldades dos professores e jovens de diversas regiões do Brasil.
     É totalmente perceptível as diferenças existentes entre escola pública e privada. Os professores de escolas públicas são sujeitos a educar em condições precárias desde falta de água,de segurança,transporte,  falta de verbas, até casos de violência. Já os professores de escolas particulares desfrutam de um alto salário e um ambiente agradável e prazeroso. 
     A sabotagem educacional, é outro fator retratado ao longo do documentário. Segundo a revista Veja, todos os anos 20% dos alunos repetem de serie. Isso significa que o estado tem anualmente de gastar 20% a mais do que deveria. Tal situação explica a tão evitada reprovação. O governo não tem interesse na qualidade e sim na quantidade de alunos aprovados. 
     A falta da participação familiar e o desinteresse dos alunos também é constante, eles usam o ambiente escolar como lugar para seus interesses, tais como: namoricos, conhecer novas pessoas, marginalização, passando maior parte do tempo fora da sala de aula, o que é claramente prejudicial ao seu desenvolvimento.    


Reunião do conselho de classe, sistema totalmente defasado
 que ainda se encontra em prática no país.
     Com toda essa banalização da educação, o caminho que os governantes devem traçar para se elevar a qualidade do ensino público é muito longo. Deve-se haver um maior investimento tanto em segurança, quanto em infra estrutura, além de propor uma boa qualificação para os profissionais.   
     Apesar de inúmeros problemas, existem pessoas que acreditam e lutam por um futuro melhor. No documentário o diretor mostrou a menina Valéria, que apesar de não acreditarem em sua capacidade, sempre declamava suas poesias sorridente. E até mesmo Douglas, que encontrou no grupo de música (iniciativa de uma professora), uma ocupação para se distanciar das más influências.
     João Jardim demonstra em seu documentário a realidade que todos negam ver. Enquanto o Brasil não adotar políticas públicas educacionais e não criar um vínculo entre a aptidão do professor, o comprometimento do governo e a responsabilidade dos pais, não poderá se pensar em ensino de qualidade, continuando em penúltimo lugar no ranking mundial da educação.

Grupo 4: Gabriela Moraes
                Jailane Almeida
                Tassio Correia

2 comentários:

  1. ana ligia santos unisuz6 de maio de 2014 17:25

    Parabéns pela reflexão,concordo plenamente com a opinião de vocês e creio que mais filmes como esse deveriam ser feitos,está na hora de acordar para a realidade.

    ResponderExcluir

Não aceitamos comentários ANÔNIMOS.